play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • cover play_arrow

    Câncer EU NÃO ACREDITO

  • Home
  • keyboard_arrow_right Arquivo
  • keyboard_arrow_right Rede Geek
  • keyboard_arrow_right Review Galaxy S7 edge

Review Galaxy S7 edge

838 Resultados / Página 1 de 47


Background

A Samsung diz que rompeu barreiras no desenvolvimento do Galaxy S7 edge, será mesmo? Vamos ver os detalhes para você tirar suas conclusões.

A primeira coisa importante para falar desse aparelho é seu design com acabamento com corpo único de metal e vidro. A tela super AMOLED quad HD curva de 5.5″ e a escolha de materiais já deixa na cara que esse é um produto premium.

Com linhas sofisticadas e uma pegada sólida, o S7 edge passa a segurança de um aparelho que é duro na queda, mas com brilhos e sofisticação de uma jóia. Acho que o único ponto negativo sobre o design são as marcas de dedos que vão ficando nele durante o dia.

O S7 tem 4GB de ram e um processador octa core Samsung Exynos 8970. Com essa configuração a Samsung garante 30% mais velocidade e 64% mais potência em comparação à geração anterior. Na minha opinião, qualquer smartphone que hoje tenha um processador quad-core ou superior com 4gb de ram, já vai voar. Então a Samsung pode tranquilamente garantir um ótimo desempenho mesmo para quem roda aplicativos pesados, filma em 4k ou que curte jogos mobile mais parrudos!

No Brasil, o aparelho tem 32GB de memória interna, que dá uns 24GB disponíveis para o usuário. Mas você pode colocar um cartão micro-sd de até 200GB para salvar suas fotos, músicas e desencanar com a falta de espaço…

A bateria do S7 edge tem 3.600mAh. A gente sabe que bateria é uma das coisas que mais precisam de desenvolvimento nesse mercado, mas isso deve atender as necessidades diárias da maior parte das pessoas, mas se mesmo assim não for suficiente, você pode carregar 100% da bateria do aparelho em apenas 100 minutos e salvar sua vida, graças à tecnologia de carregamento rápido.

As câmeras do S7 edge são exepcionais… Você tira do bolso, bate a foto e a foto fica animal! Sem sacanagem, o modo automático dessa câmera está realmente bacana. A câmera frontal tem 5MP e a traseira 12MP, ambas com lentes f1.7, ou seja, que permitem uma entrada maior de luz e fotos melhores mesmo em ambientes escuros.

Vale citar que tem uma galera que fez um mimimi que a câmera traseira do S6 tinha 16MP e que diminuíram 4MP… Pois é, diminuíram sim, mas o sensor mudou, os pixels são maiores e as foto de 12MP do S7 dão um pau nas fotos de 16MP do S6. Acreditem!

Outros diferenciais do produto são:

– A personalização com os painéis edge, acessíveis na borda curva do aparelho, onde você pode criar atalhos para aplicativos, contatos e ferramentas;
– Desbloqueio por digital com o sensor biométrico;
– Samsung pay (método de pagamento seguro da Samsung) que deve chegar no Brasil ainda esse ano;
– Game tools, com ferramentas para você bloquear funções e notificações enquanto estiver jogando, além de poder capturar imagens e vídeos do gameplay para compartilhar com seus amigos;
– E o fato do Galaxy S7 edge ser resistente à àgua e pó (classificação IP68).

  • ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
  • Plataforma: Android 6.0 (Marshmallow)
  • Tela: 5,5” Super AMOLED quad HD curva
  • Processador: Samsung Exynos 8970 Octa Core (2.3GHz, 1.6GHz)
  • Memória RAM: 4GB
  • Memória interna: 32GB
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 200 GB
  • Câmera: 12 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal)
  • Conectividade: 4G LET, Wi-Fi, NFC, Bluetooth 4.2, GPS, Glonass, Beidou, USB 2.0.
  • Bateria: 3.600mAh
  • Dimensões: 14,2 x 6,9 x 0,79 cm
  • Peso: 152g

 


EU NÃO ACREDITO

toda segunda-feira um novo episódio
Ouça em todas as plataformas
Background

Eu não acredito que até 2030 o câncer vai ser a principal causa de morte no mundo!

A estimativa é da Organização Mundial de Saúde, a OMS, que também afirmou que até lá serão 75 milhões de pessoas lutando contra a doença. Não à toa, os cientistas dizem que estamos vivendo uma epidemia global de câncer.

Nesta semana, vamos nos aprofundar em tudo que envolve a doença que já foi chamada de “mal do século”.

DESCUBRA NESSE EPISÓDIO:
– O que é o câncer?
– Como o câncer se desenvolve?
– Qual é o caso mais antigo de câncer registrado?
– Quais são os sintomas mais comuns do câncer?
– Por que é tão complicado tratar um câncer?
– A cura de um câncer é definitiva?
– Como nosso estilo de vida afeta a possibilidade de desenvolver câncer?
– A genética faz diferença no desenvolvimento de um câncer?
– Quais são os mitos mais comuns sobre o câncer?
– Como o diagnóstico precoce de câncer é feito?

OFERECIMENTO
G-Locks Fechaduras Eletrônicas 

REFERÊNCIAS TEXTUAIS
Câncer, do início ao diagnóstico (Superinteressante)
Estmativa de Câncer no Brasil (INCA)
Qual a diferença entre quimioterapia e radioterapia? (Superinteressante)
OMS classifica carnes processadas como cancerígenas (INCA)
Instituto Oncoguia (Oncoguia)
Depoimento Celeste Novaga sobre sua luta contra o câncer (Canal do YouTube da Apor)
Site AporMT
Por que o caso de Angelina Jolie é importante? (Oncoguia)
Angelina Jolie anuncia ter retirado seios para evitar câncer (BBC News)
Angelina Jolie faz cirurgia para retirar ovários por medo de câncer (G1)
Câncer antes dos 50: como os dados podem ajudar nas políticas de prevenção? (Observatório de Oncologia)
Prevenção é a principal forma de evitar o câncer (Revista Abrale)
Como prevenir o câncer (INCA) 

Gostou do episódio? Mande um comentário em áudio pelo WhatsApp +55 11 98765-6950. Seu comentário poderá aparecer no podcast Serviço de Atendimento à Cavalaria (SAC).


mande seu comentário em áudio