play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • Home
  • keyboard_arrow_right Arquivo
  • keyboard_arrow_right Blog
  • keyboard_arrow_right Faça uma pausa no trabalho

Faça uma pausa no trabalho

843 Resultados / Página 1 de 47


Background

Se tem uma coisa que nós geeks invariavelmente acabamos fazendo é entrar de cabeça no trabalho e ficar assim por horas seguidas, principalmente se este é feito através de um computador ou tablet. Não é por mal, faz parte da nossa natureza, é quase que como respirar. Mas sabiam que isso deve ser evitado o máximo possível. Trabalhar de mais trás uma série de problemas como stress, dores nas costas ao final do dia… além daquela falta de interatividade com o mundo real ao nosso redor.

Faça uma pausa no trabalho

Não se convenceu ainda seu geek tarado por trabalho? Então vejam abaixo alguns motivos para fazer pausas no trabalho:

  • – Descansar a mente
  • – Descansar a vista
  • – Diminuir o cansaço extremo
  • – Ter um momento de alívio no stress
  • – Inspiração

Dizem que para melhorar tudo isso é bom fazer uma breve pausa a cada 30 minutos, algo entre 3 a 5 minutos já é o suficiente. Mas como lembrar destes descansos quando estivermos com a cabeça totalmente focada no trabalho? Ai é que entra a dica geek de hoje:

Se você trabalha com a plataforma Mac, o programa BeHealthy se encarrega de lhe forçar a fazer uma pausa à cada 30 minutos e parar por 5. Este tempo pode ser alterado conforme a preferência de que o utiliza. Ele está disponível na Mac App Store de graça.

Para quem utiliza Windows ou Linux, indico o aplicativo Workrave que tem um funcionamento semelhante ao BeHealthy e também é de graça. A vantagem deste aqui é que ele conta também com dicas de exercício para relaxamento durante estas pausas. Conta também com configurações de servidor para utilização em ambientes corporativos. Para baixar basta acessar o site oficial.

Agora acabaram as desculpas para não fazer pausas durante o trabalho. Instale algum aplicativo destes e trabalhe de forma mais produtiva.


EU NÃO ACREDITO

toda segunda-feira um novo episódio
Ouça em todas as plataformas
Background

Eu não acredito que boa parte das doenças de pele tem origem emocional.

Se você conhece alguém que fica com manchas vermelhas na hora da raiva, possivelmente já sabe que existe relação entre emoções e a forma como a pele reage a elas.

Nesta semana, vamos entender tudo que está relacionado à pele e à psique!

DESCUBRA NESSE EPISÓDIO:
O que é a psicossomatização e como ela afeta nosso organismo?
Quando o aspecto psicológico começou a ser considerado como origem de doenças e condições na medicina?
Existem tratamentos de prevenção de somatização?
Qual é o papel da pele em nossas vidas?
Quais são os principais tipos de psicodermatose?
Como a somatização pode afetar nossa pele?
Quais são as principais maneiras de tratar psicodermatoses?
O que é o Transtorno Dismórfico Corporal?
Qual é a duração de um tratamento de psicodermatose?
Como a pele e sua saúde se relacionam com os padrões de beleza da sociedade?

LINKS DO PROGRAMA
TERAPIA DE PERSONAGENS
UPDATE
TOP 10
SAC
ÁUDIO JOGO
QUARENTENADOS
ULTRAGEEK – Gravidez

REFERÊNCIAS TEXTUAIS
Uma integração teórica entre psicossomática, stress e doenças crônicas de pele (Scielo)
Características psicológicas de los enfermos de vitiligo (revista cubana de psicologia)
Como o estresse pode afetar a saúde de nossa pele (Instagram Dra. Camila Nogueira)
Texto de Bruna Sanches (Instagram Minha Segunda Pele )
Minha Segunda Pele (Blog)
Entrevista de Bruna Sanches sobre vitiligo (TNT LAb)
Receber carinho reduz sensação de dor em bebês, diz estudo. (Superinteressante)
Entenda a psoríase: o que é, como se manifesta e como tratá-la (SBD)
Instagram Linn da Quebrada
Bixa Travesty: após muitos prêmios, filme com Linn da Quebrada entra em cartaz (FFW UOL)

Gostou do episódio? Mande um comentário em áudio pelo WhatsApp +55 11 98765-6950. Seu comentário poderá aparecer no podcast Serviço de Atendimento à Cavalaria (SAC).


mande seu comentário em áudio