play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • Home
  • keyboard_arrow_right Arquivo
  • keyboard_arrow_right Blog
  • keyboard_arrow_right EU JOGUEI Excitebike 64!

EU JOGUEI Excitebike 64!

1054 Resultados / Página 1 de 59


Background

Faaaaaaaaaaaaaala aí geeks!

O EU JOGUEI é um pedaço do WeRgeeks para games mais velhos, ou seja, games que já foram jogados e finalizados. Aqui, o ano de lançamento e o console não importam, o objetivo é falarmos um pouco sobre o jogo e causar aquele sentimento nostálgico nos leitores mais velhos e despertar curiosidade nos mais novos. Essa semana, vamos falar de mais um jogo de esporte, o melhor jogo de uma franquia que existe desde o começo dos anos 80. Talvez, um dos jogos de corrida mais divertidos da história! O ano? 2000. O jogo? Excitebike 64!

O primeiro jogo da franquia Excitebike foi lançado em 1981, com uma pegada fantástica para jogos da época. A simplicidade de um jogo de corrida 2D com a chamada tecnologia “side-scrolling” carregada de aspectos reais para os jogadores, como estabilidade em saltos para prevenir quedas, batidas e e possibilidades de diversas manobras no ar. Toda essa magnitude e realismo encontrado no primeiro jogo foi carregada para Excitebike 64, obviamente com muito mais realismo. Lançado no começo dos anos 2000 para o saudoso Nintendo 64, o Excitebike 64 chegou devastando as locadoras brasileiras, deixando os jogadores malucos com os saltos mentirosos e manobras absurdas.

As pistas tinham um detalhamento fantástico que abusava de todo o brilhantismo e poder gráfico que o N64 podia fornecer, junto de uma animação fluida dos motociclistas. As disputas nas pistas eram divertidas tanto no modo “career” quanto no multiplayer.

Falando em multiplayer, não posso deixar de falar no modo que mais gostava de jogar em Excitebike 64: Futebol. Isso mesmo, por mais bizarro que possa parecer, era real. Havia uma bola gigante e 2 traves, nas quais 2 pilotos jogavam “Gol a Gol“, com dribles-manobras ou manobras-dribles. Bizarro demais, mas divertido pra caramba!

Ouso dizer que Excitebike 64 foi o melhor jogo de corrida lançado pela Nintendo, fora do universo Mario. Vale a pena dar uma conferida nos emuladores por aí.

É isso aí cambada, espero que todos tenham gostado e não deixe de comentar dizendo se você também jogou Excitebike 64 e de deixar sua sugestão para os próximos EU JOGUEI.

Até semana que vem!

See ya!


EU NÃO ACREDITO

toda segunda-feira um novo episódio
Ouça em todas as plataformas
Background

Eu não acredito que a TV a cabo está perdendo 170 mil clientes por mês no Brasil!

A migração de espectadores para serviços de streaming é intensa, rápida e inegável: estamos criando um novo padrão de como consumimos conteúdo que costumávamos assistir nas emissoras de televisão.

Neste episódio do EU NÃO ACREDITO, vamos entender qual é o futuro da televisão nos próximos anos!

DESCUBRA NESSE EPISÓDIO:
–  Como é o processo de inovação dentro do mercado de TVs?
–  O papel da televisão mudou?

– Como o streaming mudou o consumo de conteúdo?
– Já estamos ficando saturados de plataformas de streaming?
– Como escolher entre as plataformas de streaming?
– Como fica a TV a cabo no cenário de streaming?
– Qual é o papel das TV boxes no mercado atual?

OFERECIMENTO
G-Locks Fechaduras Eletrônicas

REFERÊNCIAS TEXTUAIS
Sinal dos tempos: TV por assinatura perde 6 milhões de clientes em 7 anos (Veja)
Lei 12.485 – Lei da TV Paga (Site do Planalto do Governo)
Lei sobre TV por assinatura é resposta à necessidade de desenvolvimento do mercado brasileiro, afirma diretor da Ancine (Jusbrasil)
Ancine: TV paga superou cota de exibição de conteúdo nacional em 2016 (Agência Brasil)
Sociedade pode contribuir com modernização da Lei da TV por assinatura (Governo do Brasil)
Opinião: TV paga vai acabar? Não, mas no futuro talvez mude de nome (Uol)
IPTV fez pirataria mais que triplicar no Brasil, diz Claro. (Uol)
Explosão de consumo infantil e filmes faz TV paga renascer em meio à quarentena. (Uol)

Gostou do episódio? Mande um comentário em áudio pelo WhatsApp +55 11 98765-6950. Seu comentário poderá aparecer no podcast Serviço de Atendimento à Cavalaria (SAC).


mande seu comentário em áudio