play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • Home
  • keyboard_arrow_right Arquivo
  • keyboard_arrow_right Blog
  • keyboard_arrow_right Atenção! Ouça bem!

Atenção! Ouça bem!

762 Resultados / Página 1 de 43


Background

Fones de ouvido são acessórios indispensáveis para qualquer pessoa no mundo de hoje, ainda mais tantos utilizando os clássicos MP3, passando pelos modernos celulares e, também, claro, os amantes do iPhone – sim, Tato, isso é para você!

Seria melhor se cada um tivesse um pouco de consciência: usar um fone de ouvido é privar outras pessoas do barulho infernal que está saindo do seu aparelho – o que acontece com celulares pendurados no pescoço ou apoiados na mão dos indivíduos na rua, no metrô, nos ônibus…

Enfim, estou aqui para dizer que até mesmo em casa, os fones podem se tornar peças de uso diário, ou então uma decoração a mais para o seu computador. Descobri um feito por uma famosa cantora atual, mas custa 100 dólares e, sendo tão vulgar, prefiro deixar de lado, vamos aos mais geeks mesmo.

Para as pessoas que curtem moda e acessórios, porque não um design variado de cores e prático. Mas porque não, uma imitação de ioiôs quando estão fechados? Esses são os fones de ouvido da loja Geekstuff4U e custam 56 dólares.

Já imaginou usa um zíper preso à orelha? Essa é a proposta do Zip Fone para os geeks. Além de ser facilmente ajustável para a abertura do fone, você controla o volume e a música preferida no próprio zíper.

Vindos diretamente do Japão – de onde mais seria?! -, estes fones têm as pontas feitas com peças de Lego e, no meio, encaixes próprios para o brinquedo. Por meio da marca PlayBrick, os japoneses inventaram o SoundBlock inspirados nos Anos 80 e na diversão nerd. Lego é mundialmente conhecido como brick – tijolos.

Feito para ser um conceito e elaborado para pessoas ‘em movimento’, o Semicircle pretende chegar logo ao mercado. Ele tem esse nome por causa do formato do fone, que é encaixado na borda, abaixo da orelha, sendo mais fácil para você ouvir barulhos externos, ou se preocupar com o carro à frente. Esse já vem com Bluetooth.

Leo Luz é jornalista e colaborador do WeRgeeks e blogueiro do Action Nerds.


EU NÃO ACREDITO

toda segunda-feira um novo episódio
Ouça em todas as plataformas
Background

Eu não acredito que o conceito de comunicação não-violenta só surgiu na década de 1960.

A técnica, criada pelo psicólogo norte-americano Marshall Rosenberg, pretende criar formas de conexão mais profunda e empática para solucionar conflitos, e já foi usada em casos de crises internacionais ao longo dos anos.

Nesta semana, vamos entender tudo sobre a comunicação não-violenta e como ela pode ser usada nas nossas vidas!

DESCUBRA NESSE EPISÓDIO:
– O que é comunicação não-violenta?
– É possível ser violento mesmo falando de forma tranquila?
– Por que é importante se conectar com o outro numa discussão?
– O que Gandhi tem a ver com a comunicação não-violenta?
– Como posso aprender a comunicação não-violenta?
– A comunicação não-violenta é útil no ambiente de trabalho?
– A comunicação não-violenta está ligada à mediação judicial?
– O que é preciso para usar a comunicação não-violenta?
– Existem cursos de comunicação não-violenta?
– Como a comunicação não-violenta pode melhorar a vida em sociedade?

OFERECIMENTO
Bradesco
G-Locks Fechaduras Eletrônicas

LINKS DO PROGRAMA
Podcast TERAPIA DE PERSONAGENS
Apagão – Ruas de Fúria
BarbaraDuarte Podcast #10 – A Guerra do Streaming, com Tato Tarcan
BarbaraDuarte Podcast #9 – Um Guia Para a Black Friday, com Prof. Maury
Baseado em Fatos Surreais Podcast
EU NÃO ACREDITO – Masculinidade
EU NÃO ACREDITO – Meditação

REFERÊNCIAS TEXTUAIS
Conciliação e mediação – estatísticas (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo)
A comunicação não violenta como instrumento de pacificação social (Jus)
CNV – Comunicação não violenta para melhores diálogos e relacionamentos (Descola)
Curso de Comunicação não violenta: Consciência para agir (Alura)
Ahimsa (Wikipédia)

Gostou do episódio? Mande um comentário em áudio pelo WhatsApp +55 11 98765-6950. Seu comentário poderá aparecer no podcast Serviço de Atendimento à Cavalaria (SAC).


mande seu comentário em áudio