play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • Home
  • keyboard_arrow_right Arquivo
  • keyboard_arrow_right Blog
  • keyboard_arrow_right Como importar jogos

Como importar jogos

758 Resultados / Página 1 de 43


Background

Finalmente você montou seu ambiente para games, comprou aquele console que vinha namorando há um bom tempo e agora quer jogar. Faz algumas pequisas na net baseadas em seu estilo favorito, escolhe aquele lindo lançamento e prepara seu bolso para mais uma comprinha. E descobre que aquele “joguinho” está nas lojas por módicos R$ 239,90. Você sente o bolso de um lado começar a chorar e no outro lado os escopiões estão ferroando sua perna alucinadamente. “Duzendo e quarenta reais!? Quem foi o %#&* que disse pra eu comprar um console novo!?” Calma! Don’t Panic!

Devido a uma série de fatores os preços de jogos no Brasil são altos, os principais deles (em minha opinião) são os impostos. Existem iniciativas como o Jogo Justo que trabalham para mudar esta realidade para algo menos abusivo, ainda assim se você for comprar um jogo por aqui hoje provavelmente vai pagar caro. Mas a realidade não é tão ruim assim.

Para fazer sua vida um pouco mais fácil (e menos dolorida devido aos escorpiões em seu bolso) uma das alternativas é a importação direta, ou seja, comprar num site fora do Brasil e mandar entregar aqui. Por mais incrível que pareça a alguns isso é tão simples quanto comprar em uma loja virtual brasileira, só requer um pouco mais de paciência e alguns cuidados extras.

O que comprar
Tenha muita atenção quando for escolher seu jogo pois muitos deles são específicos de uma região e só rodarão em consoles da mesma região, e mesmo quando um jogo não possuir tal especificação provavelmente ele só será capaz de rodar conteúdo extra da mesma região. Para evitar problemas compre jogos da mesma região de seu console.

Onde comprar
O mais importante é escolher lojas em que se sinta seguro, afinal você não quer seus dados, muito menos o número de seu cartão de crédito, rodando fora dos ambientes que espera. Veja com as pessoas que você conhece quais experiências que elas tiveram, se elas acharam que valeu a pena e se não tiveram problemas. Eu costumo comprar no ShopTo, Play-Asia e eStarland (jabá gratuito).

Como pagar
Antes de qualquer coisa você vai precisar de um cartão de crédito internacional, depois disso eu sugiro que crie uma conta no PayPal (outro jabá gratuito). Todas as lojas em que fiz compras no exterior aceitaram este método e ele te dá uma camada extra de segurança pois não precisará mais informar o número de seu cartão diretamente, informará seu login e senha do PayPal e ele intermediará a transação. Qualquer transação com este método será informada por e-mail e na eventualidade de qualquer problema eles podem ajudar você a resolvê-lo.

Como receber
Atenção ao método de envio, a variação de preço é grande e vai definir a quantidade de informações sobre o pacote que terá assim como o tempo que levará para chegar em suas mãos. Uma encomenda comum leva uma média de três semanas para chegar em sua casa, é bastante tempo mas vale a pena pela grana que vai economizar. Sugiro que você escolha uma opção com algum tipo de rastreamento, para ao menos ter uma ideia de onde está seu jogo e assim diminuir um pouco sua ansiedade.

Imposto
É possível que você precise pagar imposto de importação sobre seu jogo. Algumas lojas já recolhem este valor no caixa mas a maioria não, neste caso pode acontecer de sua encomenda ser eviada à agência dos Correios mais próxima e será enviado a sua casa um comunicado com o valor do imposto a ser pago, este será feito na própria agência. O imposto é de 60% do valor total do pedido.

Tudo certo, tudo tranquilo, agora você pode comprar lá fora da mesma maneira que compra aqui, economizar alguns reais e juntá-los para comprar mais jogos. Deixe qualquer dúvida nos comentários que eu responderei da melhor maneira possível. Perca seu medo e boas compras!


EU NÃO ACREDITO

toda segunda-feira um novo episódio
Ouça em todas as plataformas
Background

Eu não acredito que masculinidade tóxica também existe entre os homens gays.

Pois é. Dentro da masculinidade presumida como ideal, quanto mais um homem gay se distancia do padrão do homem másculo mais ele tende a sofrer preconceito, inclusive dentro da comunidade gay.

Nesta semana, vamos entender como a masculinidade tóxica afeta até mesmo quem não é o famoso “macho hétero”!

DESCUBRA NESSE EPISÓDIO:
– O que é ser homem?
– O que é heteronormatividade?
– O que define a masculinidade da comunidade gay?
– Masculinidade gay tem a ver com ser ativo ou passivo?
– Existe masculinidade tóxica dentro da comunidade gay?
– Quem é gay também pode ser masculino?
– Como o machismo afeta relações homossexuais?
– É possível ser gay e machista?
– O machismo influencia os padrões de beleza e sexualidade homossexuais?
– Como a masculinidade gay é diferente da masculinidade hétero?

OFERECIMENTO
Bradesco
G-Locks Fechaduras Eletrônicas

LINKS DO PROGRAMA
BLACK FRIDAY 2020 AO VIVO – Melhores descontos
GR SHOP, cupom BLACKFRIDAY (10% nos demais produtos do site)
Podcast TERAPIA DE PERSONAGENS
Apagão – Ruas de Fúria
EU NÃO ACREDITO – Masculinidade
EU NÃO ACREDITO – Violência masculina

REFERÊNCIAS TEXTUAIS
A masculinidade tóxica e seus efeitos na comunidade LGBT (Carta Capital)
Heteronormatividade, Masculinidade e Preconceito em Aplicativos de Celular: O Caso do Grindr em uma Cidade Brasileira (Scielo)
Ney Matogrosso – Homem com H (Canal YouTube Ney Matogrosso)
Em livro de memórias, Ney Matogrosso reflete sobre a própria trajetória (Correio Braziliense)

Gostou do episódio? Mande um comentário em áudio pelo WhatsApp +55 11 98765-6950. Seu comentário poderá aparecer no podcast Serviço de Atendimento à Cavalaria (SAC).

 


mande seu comentário em áudio